DILMA DECRETA LUTO DE SETE DIAS POR MORTE DE ITAMAR

A presidente da República, Dilma Rousseff, decretou luto oficial de sete dias, em virtude da morte do senador Itamar Franco (PPS-MG). O político mineiro morreu neste sábado (2), em São Paulo, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC)  na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, onde estava internado para cuidar de uma pneumonia, decorrente de leucemia aguda. Dilma chegou a oferecer o Palácio do Planalto para o velório e um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para o transporte do corpo e de parentes para o funeral, mas, segundo o senador Aécio Neves (PSDB-MG), a família preferiu fazer uma cerimônia reservada. Em nota, a presidente lamentou a perda do parlamentar. “Foi com tristeza que recebi a notícia do falecimento do senador e ex-presidente Itamar Franco. Dirigente do país em um momento crucial da nossa história recente, o presidente Itamar nos deixa uma trajetória exemplar de honradez pública. O Brasil e Minas sentirão a sua falta. Neste momento de dor, quero transmitir meus sentimentos a seus familiares e amigos”, diz o texto.

COMPARTILHE