Feira de Santana: Antes de morrer, filho morto pelo pai dizia que mataria a família

paiassassino

Foi apresentado e ouvido na Delegacia de Homicídios de Feira de Santana na manhã deste sábado (27), José Rios dos Santos, 58 anos, acusado de ter matado o próprio filho com quatro facadas por volta das 17h de sexta-feira (26), durante uma briga dentro de casa, no distrito Governador João Durval (Ipuaçu), na  zona rural de Feira de Santana, de acordo com informações do site Acorda Cidade.

No depoimento ele alegou legítima defesa pois o filho, Josemi Freitas dos Santos, 26 anos, teria tentado matar a própria mãe, os irmãos e o pai, conforme já noticiado pelo site Acorda Cidade. Ele chegou embriagado, quebrando tudo, e entrou em luta corporal com José, que ficou ferido no braço.

Gabriel Freitas dos Santos, 20 anos, irmão de Josemi, disse que há várias queixas na delegacia prestadas contra a vítima, inclusive de roubo.  Ele confirmou a versão do pai na delegacia e disse que o irmão era muito agressivo. “Ele falava que iria matar todo mundo e que depois iria beber o sangue. Dizia que era do mal, quando ficava drogado,  e saía agredido se não dessem dinheiro”, contou Gabriel informando também que Josemi já feriu a mãe duas vezes com uma faca e tentou matar o pai a cacetadas.

Após o crime José saiu da residência, onde vivem  11 pessoas da família, e foi encontrado na casa por policiais militares na manhã de hoje. Ele se apresentou a delegada e depois de ouvido foi liberado, pois não foi autuado em flagrante. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Fonte: Bocão News.

COMPARTILHE