Fofocas: Del Nero deu R$ 1,3 mi em dinheiro para ex-mulheres; Carol Muniz também recebeu

001

O presidente licenciado da CBF, Marco Polo Del Nero, 74 anos, deu R$ 1,3 milhão em dinheiro para duas ex-namoradas e também para a ex-mulher desde 2014, de acordo com informações publicadas pela Folha. A publicação afirma que os valores foram revelados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão vinculado ao Ministério da Fazenda.  O dirigente usou dinheiro em espécie para fazer as doações. Segundo o órgão, os repasses não foram registrados como transações bancárias. A principal beneficiada foi a modelo e apresentadora Carolina Galan, 31. Em 2014, Del Nero repassou R$ 1,1 milhão em doações para a ex-funcionária da Federação Paulista de Futebol. O valor doado à ex-namorada é quase 20% dos rendimentos tributáveis brutos de Del Nero naquele ano.

002
Vice-presidente da CBF na ocasião, o dirigente ganhou R$ 4,46 milhões em 2014 da confederação comandada na época por José Maria Marin, que está preso no exterior desde maio acusado de corrupção, e da Federação Paulista de Futebol. Na CBF, ele recebeu R$ 3,28 milhões. Já na Federação Paulista, que comandou, o dirigente ganhou R$ 1,18 milhão no ano passado. A Ex-musa do Bahia, a modelo Carolina Muniz Ferreira, 29, ganhou R$ 130 mil por meio de doação. Já a artista plástica Márcia Baldrati, 69, mãe dos três filhos do dirigente, recebeu doação menor, de R$ 85 mil. Segundo o jornal, o presidente licenciado da CBF, Marco Polo Del, Nero admitiu que fez as doações em dinheiro para as sua três ex-mulheres. De acordo com o cartola, todas foram declaradas no seu imposto de renda. Ele afirmou para publicação que o repasse de mais de R$ 1 milhão para Carolina Galan, que trabalhou por muito tempo como apresentadora da TV FPF, na Federação Paulista de Futebol, foi feito em “processo de separação”, “quase uma partilha”, segundo o dirigente em depoimento na CPI. do Futebol, na quarta-feira passada (16).

COMPARTILHE