Ilhéus: Estudantes que usaram bar como escola continuam sem local de estudo
Foto: Reprodução / TV Bahia

Foto: Reprodução / TV Bahia

Estudantes da Escola Municipal Nucleada Aritaguá, no distrito Ponta do Ramo, em Ilhéus, sul do estado, estão sem estudar há duas semanas. Eles chegaram a usar um espaço de um bar para continuar os estudos, mas o proprietário do local pediu o espaço. De acordo com o G1, a situação precária da escola impede que os cerca de cinquenta estudantes, com idades entre quatro e 12 anos, acompanhem as aulas. No colégio, parte do forro de duas (das três) salas já cedeu. Além disso, há cupins, fios de energia soltos e janelas quebradas. Ainda segundo o site, a situação está assim desde julho deste ano. A prefeitura de Ilhéus informou que um engenheiro iria avaliar a casa onde as crianças poderiam estudar enquanto a obra da escola não começa. Já a secretária de educação, Marlúcia Mendes, disse que a prefeitura propôs à comunidade que as crianças fossem levadas pelo ônibus da secretaria à escola da Tulha, próximo da região. No entanto, as mães não aceitaram a proposta.

COMPARTILHE