Itabuna: Presos fazem greve de fome há dois dias no Conjunto Penal

guarita-rebelião-presídio-de-itabuna-foto-pimenta-www.pimenta.blog_.br_

Cerca de 450 presos do Conjunto Penal de Itabuna realizam uma greve de fome que já chega ao seu segundo dia nesta terça-feira (14). De acordo com o diretor da unidade, capitão Adriano Jacomé, os presos fazem três reivindicações principais.

“Eles querem a junção das visitas dos presos custodiadas e provisórios, fornecimento de alimentação de fora do presídio e suspensão do uso obrigatório de uniforme”, explicou em entrevista ao Correio24horas. As demandas, no entanto, não são permitidas por lei.

Ainda de acordo com a direção, a unidade conta com cerca de mil detentos, mas apenas parte deles, alocados no pavilhão 1, integram o protesto. Na tarde desta segunda-feira (13), os presos recusaram uma conversa com a juíza do Júri e de Execuções Penais, Leandra Lopes Leal, e decidiram manter a greve de fome.

COMPARTILHE