Natal mais gordo para policiais civis da Bahia
polícia-civil
Papai Noel parece quje bateu na porta de quase mil funcionários da Polícia Civil do Estado da Bahia. Isso porque, um decreto baixado na sexta-feira (20) beneficia 940 policiais, 365 delegados, 102 escrivães, 426 investigadores e 47 peritos técnicos. No decreto, Jaque Wagner autoriza a promoção para todos estes funcionários.
De acordo com o colunista Jairo Costa, do Correio, em 2012, a categoria impôs uma condição para fechar o acordo salarial de 2012: que as indicações para promoção fossem feitas pelos chefes diretos e não pelos delegados titulares. O governo aceitou, evitou uma greve iminente e agora pagou sua parte no saco natalino.Outra notícia é que o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, cogita mudar o prazo para gratificação policial instituído no programa Pacto pela Vida,  verba concedida sobre a redução de índices de crimes violentos.
Em vez de anual, Barbosa caminha para adotar o mesmo modelo do Rio de Janeiro, onde o abono é pago semestralmente aos policiais que atingem a meta. A mudança na periodicidade da gratificação evitaria que um semestre com bons índices de controle da violência fosse anulado por outro ruim. Deve ser esse o motivo que levou o governo a só publicar ontem, com efeito retroativo a novembro de 2012, o decreto que fixou em 6% a meta de redução de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLI) para 2013. (Bocão News).
COMPARTILHE