O Globo rebate acusações de assédio de neta de Lula e divulga mensagens
Foto: Reprodução / O Globo

Foto: Reprodução / O Globo

Após a secretária de Juventude do PT de Maricá, Bia Lula, neta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acusar o Jornal O Globo de assediá-la, a equipe da publicação divulgou mensagens trocadas entre ela e a repórter, Fernanda Krakovics e afirma que Bia distorceu a conversa.

Segundo O Globo, na última segunda-feira (7), “depois de 16 dias de troca de mensagens e contatos telefônicos em tom amistoso”, O Globo informou à Bia que seu perfil seria publicado no próximo domingo e se colocou à disposição para remarcar a entrevista – ela não havia respondido ao contato anterior, por que teria apresentado crises de epilepsia.

Após ela ter pedido adiamento, a repórter, por meio do aplicativo WhatsApp, a repórter escreveu: “Oi, Bia, espero que esteja melhor. Eu estou fazendo um perfil seu, a pedido do jornal, que está previsto para ser publicado no próximo domingo. Estou à sua disposição se você quiser falar. Abraço, Fernanda”. Bia pediu que as perguntas fossem enviadas por escrito, para “ver com a assessoria o que posso responder”.

400x238xneta-lula.jpg.pagespeed.ic.Ti1WVNSSFY

Após o envio, a neta de Lula afirmou que estava saindo para um ato político e que as examinaria depois. Este foi o último contato entre as duas. Três dias depois, Bia postou um texto no Facebook reclamando do assédio supostamente promovido pela reportagem.

“Venho publicamente relatar o que vem acontecendo comigo nos últimos dias, e de tão indignada, resolvi compartilhar com vocês que venho sendo incomodada, da maneira inconveniente e porque não dizer, assediada pela repórter Fernanda Krakovics, do Jornal O Globo, que diz que irá publicar uma matéria a meu respeito, eu querendo ou não”. Na foto que ilustrava a postagem, ela mostra o dedo médio.

COMPARTILHE