AURELINO LEAL – MÉDICO QUER ENTRAR NA JUSTIÇA CONTRA EX- SECRETARIA LUCIANA MAGALHÃES

Luciana Magalhães, ex-secretária de saúde do município de Aurelino Leal

O médico de iniciais M. S. L. N., (que não quis ser identificado) pretende mover uma ação na Justiça contra a ex-secretária de saúde do Município de Aurelino Leal, Luciana Magalhães, por irregularidades tributárias durante sua gestão, época em que o médico trabalhava no município.

Segundo denuncias ao repórter J. Melo pelo próprio médico, que também nos disponibilizou um documento comprobatório (IRPF – Extrato do processamento –Desenvolvido pelo SEPRO), os repasses tributários realizado pela ex-secretária de saúde, relativos ao seu vínculo empregatício enquanto funcionário do município, são incompatíveis com os valores reais que deveriam ser tributados.

IRPF - A pedido do médico, algumas informações foram omitidas

 Ainda segundo informações, num período de cinco meses de trabalho no município de Aurelino Leal, com montante bruto salarial de R$ 84,600,00, o médico teve como débito tributário o valor de R$ 14.377,50, sendo que na cidade de Ibirapitanga onde trabalhou no período de um ano, com montante bruto de 60,000,00, o médico teve como débito tributário  apena R$ 9.794,93.

De acordo com o médico e com o documento, os valores são irregulares, ou seja, o valor dos rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica em sua declaração é menor do que o recebido no ano. O médico pretende entrar na justiça contra a ex-secretária, para reaver a causa da irregularidade e a correção dos danos tributários envolvendo seu nome.

A enfermeira Luciana Magalhães foi Secretária Municipal de Saúde do governo Domingão até o dia 17 de maio de 2011. A frente da secretaria, realizou uma gestão bastante polêmica e conturbada, devido a oposição de alguns setores sociais e políticos do município.

Luciana foi exonerada do cargo pelo prefeito Domingos Marques, pressionado por um movimento popular, encabeçado por entidades de classe com apoio de alguns vereadores. Após o episódio, Luciana alegou ser vítima de um golpe e ainda prometeu vir à mídia denunciar possíveis falcatruas do governo Domingão, ocultas até o momento.

(Aurelino Leal Alerta)

COMPARTILHE