BAHIA – CHORO E LUTO NO DIA DO TRABALHADOR

Jovem é morto por cães na empresa onde labutava

Na véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Domingos Jurandi Xavier de Jesus, 24 anos, conhecido como Neguinho, saiu de casa, no bairro Águas Claras, para cumprir mais uma jornada de serviço na empresa. Ele jamais imaginaria que a sua vida iria acabar em pleno local onde, diariamente, labutava em busca do  sustento da mulher e do filho de apenas três meses.

Neguinho morreu, na última segunda-feira, após ser atacado por pelo menos oito cachorros mestiços que tomam conta da empresa LCA Carvalho Comércio e Indústria de Plástico, localizada na Rua São Francisco, bairro Valéria. Domingos atuava no cargo de extrusor, operando a máquina usada para fabricar plástico, especialidade da empresa.

No dia da tragédia, Neguinho chegou ao trabalho às 22h. Ele estava escalado para trabalhar até as 6h da manhã de ontem. De acordo com Ademário Santana, 30, primo e colega de trabalho da vítima, somente na manhã de ontem ele e outros funcionários da empresa acharam o corpo de Neguinho na entrada da firma.

Ademário diz que não  foi possível escutar a zoada  dos cães matando o primo, à noite, porque o barulho das máquinas é bastante intenso dentro da fábrica. “A gente pensou que ele não tinha ido trabalhar. Quando íamos embora, de manhã cedo, é que vimos o corpo no chão, na área externa. Foi uma cena muito triste”, diz o primo. Os cães dilaceraram uma das panturrilhas, braços, couro cabeludo e pernas da vítima.

COMPARTILHE