BAHIA: EM PROTESTO APÓS MORTE DE JOVEM, FAMILIARES INVADEM HOSPITAL COM CAIXÃO

Após o protesto dentro do hospital, que durou cerca de 30 minutos, o grupo caminhou até o Cemitério

Familiares, amigos e vizinhos de um jovem de 23 anos vítima fatal de leptospirose no bairro de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, invadiram o Hospital do Subúrbio com o caixão com o corpo da vítima em protesto realizado na tarde desta sexta-feira (14).

Revoltados com a morte de Deivison, que teria sido vítima da demora no atendimento no Hospital do Subúrbio, quando deu entrada na unidade pela primeira vez, e de negligência médica no atendimento realizado no dia seguinte, cerca de 70 pessoas, entre vizinhos, familiares e amigos, alugaram um ônibus e levaram o corpo do jovem, que estava sendo velado na casa do pai da vítima, para o Hospital do Subúrbio, onde chegaram por volta das 15h30 de hoje.

Eles entraram pela recepção do Hospital e foram até a área de atendimento de emergência, onde um computador foi danificado pelos manifestantes. Segundo Cristiane de Jesus, a máquina foi quebrada quando um segurança do hospital tentou agredir um dos manifestantes. “Ele empurrou uma pessoa que acabou se batendo na máquina. Se quebrou, a culpa não foi nossa, fizemos uma manisfestação pacífica”, contou.

Após o protesto dentro do hospital, que durou cerca de 30 minutos, o grupo caminhou até o Cemitério de Periperi, onde o corpo de Deivison foi sepultado no final da tarde de hoje. O Hospital do Subúrbio disse que o paciente reclamou de dores nas costas quando deu entrada na unidade e afirmou que registrou uma ocorrência na 5ª Delegacia Territorial, em Periperi, por conta da invasão dos manifestantes.

COMPARTILHE