BAHIA – POLÍCIA MILITAR PODE DEFLAGRAR GREVE NO CARNAVAL

Os policiais militares e bombeiros da Bahia estudam a possibilidade de deflagrarem greve ainda esse mês. A paralisação é inconstitucional, mas segundo o presidente da Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra), soldado Marco Prisco, essa é a única forma de chamar a atenção do estado para as reivindicações da classe.

A diretoria da associação estabeleceu o dia 31 de janeiro como prazo máximo para o governo se manifestar sobre as reivindicações. Caso isso não aconteça, nesse mesmo dia será realizada assembléia com indicativo de greve. Segundo Prisco, há 99% de chance da paralisação acontecer por tempo indeterminado.

O método já foi usado em alguns estados, como Ceará e Pará, onde a PM suspendeu as atividades e só retornou após ter as reivindicações atendidas. Fonte: Blog do Gusmão

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE