Barra do Rocha: Ciganos matam dois homens e abandonam acampamento
Elder Moraes morreu no local.

Elder Moraes morreu no local.

Uma tragédia marcou a pequena cidade de Barra do Rocha neste domingo(22/09). Após ser encontrado o corpo de um cigano de 65 anos, desaparecido desde a última sexta-feira(20/09), um grupo de ciganos armados teria disparado contra um suposto suspeito de ter cometido o homicídio, conhecido por Elder Moraes. Na companhia do rapaz, estava um funcionário da empresa SPA, Vilson Miranda Rodrigues, também baleado pelos ciganos. Elder morreu na hora. A outra vítima foi socorrida pelos profissionais do Samu e encaminhada até o Hospital Geral de Ipiaú, onde não resistiu e faleceu. Segundo relatos de populares, o funcionário da SPA morreu inocente. “Ele era um cara do bem, estava no lugar errado e na hora errada”, contou um morador.

Vilson Miranda Rodrigues.

Vilson Miranda morreu no hospital de Ipiaú.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Giro em Ipiaú, a confusão entre Elder e os ciganos surgiu após a venda de um veículo que não teria sido pago integralmente pelos ciganos. De acordo com essas informações, Elder teria ameaçado o cigano Muniz, de 65 anos, encontrado morto por volta do meio-dia deste domingo numa roça de cacau. Uma testemunha revelou à nossa reportagem que Elder se dirigia até o acampamento dos ciganos no Bairro Aloísio Galvão, quando avistou o filho de Muniz, e desceu da moto para conversar. Os ciganos imediatamente começaram a atirar na direção de Elder e posteriormente em Vilson, contou uma testemunha.

Elder foi morto com mais de 15 tiros.(Foto:Giro em Ipiaú)

Elder foi morto com mais de 15 tiros.(Foto:Giro em Ipiaú)

Os ciganos abandonaram os outros veículos e fugiram numa caminhonete de cor branca. No local foram encontradas aproximadamente vinte projéteis de pistola. A população ameaçou incendiar as casas e veículos dos ciganos, ação que foi impedida pela presença da policia militar.Várias viaturas da 55ª CIPM se deslocaram até a cidade. Até o momento nenhum dos ciganos acusados de matarem os dois homens foram presos. De acordo com informações policiais, Elder era natural de Ibirataia, mas morava em Barra do Rocha, onde trabalhava e vivia com a esposa e uma criança filha do casal. Não há informações sobre a naturalidade de Vilson. (Giro em Ipiaú)

COMPARTILHE