BARRA DO ROCHA: DESESPERO DE JONATAS PROVOCA NOVA ELEIÇÃO NO MUNICÍPIO

Além de pagar multa de 30 mil, Jonatas vai perder direitos políticos por oito anos.

A Justiça Eleitoral multou o prefeito de Barra do Rocha, Jonathas Ventura (PMDB), em R$ 30 mil e anulou o registro de candidatura da prefeita eleita, Vera Lúcia Franco Ramos Costa (PSC). A decisão é da titular da 24ª Zona Eleitoral, Carla Rodrigues de Araujo, que viu crime nas constantes entrevistas de Jonathas a uma rádio comunitária local. Conforme ação movida pela coligação “Mudança Já”, o prefeito atacava o candidato adversário, Professor Léo (PSB), e promovia a candidatura da aliada, Vera Lúcia, em entrevistas na Rádio Comunitária Rocha. O entendimento do judiciário é que o uso eleitoral da emissora foi determinante na eleição de Vera Lúcia, que venceu a disputa por 42 votos (1.810 a 1.768). A sentença da juíza Carla Rodrigues foi proferida nesta segunda e gerou outra polêmica: a direção estadual do PSB acredita que a decisão garante Professor Léo prefeito, mas Vera Lúcia obteve 50,59% dos votos válidos e isso determinaria a realização de novas eleições no município. João Carlos Almeida, da direção estadual do PSB, considera que a decisão em primeira instância corrige uma distorção e a Justiça “cumpriu o papel de verdadeira guardiã da democracia”. Vera Lúcia e Jonathas ainda podem recorrer da decisão.

(Fonte: Pimenta)

COMPARTILHE