CHACINA DEIXA QUATRO MORTOS E TRÊS FERIDOS EM PRADO

O ataque contra as vítimas foi desferido por um homem que estava na garupa de uma moto.

Quatro pessoas foram mortas e outras três saíram baleadas, ontem à noite, 11, numa chacina ocorrida em um bar no município de Prado, no extremo-sul da Bahia. Os mortos foram identificados como Valdinei de Jesus Moreira, 33, Luzinaldo Silva, 38, Reginaldo dos Santos Ricardo, 35, e o cantor de forró Elias Saúde de Assis, “Dazinho”, 43. Os feridos não correm risco de morrer. Eliana Ribeiro Santana conseguiu se refugiar no banheiro do bar. A mulher foi atingida no abdômen e na perna. Benedito Jorge dos Santos, alvejado no tórax e na clavícula, e Jarbas Miranda da Silva, que teve a perna esquerda fraturada por um disparo.

O ataque contra as vítimas foi desferido por um homem que estava na garupa de uma moto, às 18h30min, no bar localizado às margens da Rodovia BA-489. O perito criminal Bruno Melo, da Polícia Técnica de Teixeira de Freitas, disse que os disparos foram de pistola 9 milímetros. A central de operações do 4º Pelotão da Polícia Militar do Prado informou que um suspeito foi morto, depois de tentar fugir do cerco policial montado no trevo da cidade de Alcobaça. A informação é que ele e outro comparsa seguiam numa motocicleta, com as características da utilizada no crime.

Segundo o tenente Samuel Santa Bárbara, comandante do 4º Pelotão do Prado, uma arma foi encontrada com o acusado ainda sem identificação. O segundo suspeito teria conseguido se embrenhar no mato e fugir da perseguição policial.

Após a ação, os criminosos fugiram, mas foram interceptados pela polícia no trevo da rodovia que liga a cidade vizinha de Alcobaça.

COMPARTILHE