Coaraci: Prefeita será investigada por fraude na locação de veículos

josefina_coaraci

Na noite da última segunda-feira (12), os vereadores de Coaraci Mamigo (PRB), Rubia (PDT), Lessa (PSDB), e Carlos Maia (PP), apresentaram um pedido de instauração de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), para apurar uma ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF) contra a prefeita Josefina Castro (PT). O Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus (BA) propôs duas ações civis públicas contra a prefeita Josefina Castro, e outra contra a prefeita e a empresa Focus Coaraci Locadora de Automóveis, todas por fraudes em licitações e utilização irregular de verbas públicas. As ações foram resultado de investigação do MPF, que teve como origem relatório da Controladoria Geral da União (CGU), constatando diversas irregularidades praticadas pela prefeitura de Coaraci. Se condenada, além do ressarcimento dos danos causados ao erário, a prefeita poderá perder a função pública e ter seus direitos políticos suspensos por até cinco anos. A empresa Focus está sujeita à proibição de celebrar contratos com o poder público pelo prazo de três anos.Fonte: Políticos do Sul da Bahia.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE