CONCEIÇÃO DO COITÉ – GAROTA ESFAQUEADA FALA PORQUE VOLTOU A NAMORAR AUTOR DO CRIME

O vídeo foi gravado com a autorização do casal, inclusive para divulgação

A jovem Andreza, que levou dez golpes de facas do namorado Vitor Gabriel Oliveira Mota conta em vídeo porque decidiu reatar o namoro. O juiz de Direito Gerivaldo Neiva ouviu o casal no intuito de mostrar a sociedade que o Direito não pode ser resumido a leis e decisões de juízes. Para Dr. Neiva, é preciso ir além e conhecer os envolvidos na situação. O caso dos dois jovens ganhou grande repercussão após Grabriel ter sido libertado. O motivo principal da liberação seria o fato dois terem reatado o relacionamento. Quem realiza os questionamentos é o Juiz Neiva.

Relembre o caso

O crime aconteceu em Conceição do Coité em 2011 e desde então o autor estava preso, mas foi liberado após o advogado do acusado apresentar aos autos do processo uma carta onde a vítima confessava o amor pelo namorado e dizia que os dois pretendem se casar. Após comprovar o fato, Vitor Grabriel conseguiu a liberdade.  O Juiz de Direito Gerivaldo Neiva afirmou que não havia mais razões para ele ficar preso, por isso continuará respondendo o processo em liberdade.

Em relação a possibilidade do acusado cometer crimes no futuro o juiz declarou que “exercitar a futurologia para saber antecipadamente se o acusado, primário e de bons antecedentes, voltará a cometer crimes ou agredir a vítima, não é tarefa para um magistrado. Sendo assim, ante a impossibilidade de prever o futuro, não pode o acusado permanecer preso com base apenas neste fundamento, ou seja, na hipótese de voltar a cometer crimes. Neste caso, por assim dizer, na definição de Dias Gomes para a viúva Porcina, a permanecer preso, o acusado seria aquele que ‘foi sem nunca ter sido’”.

COMPARTILHE