Crescimento dos assaltos assusta comerciantes de Ubaitaba e Aurelino Leal
Postos de Gasolina não funcionam durante a noite por causa dos assaltos.

Postos de Gasolina não funcionam durante a noite por causa dos assaltos.

Redação Ubaitaba Urgente

O aumento da violência em Ubaitaba tem feito com que comerciantes e empresários fechem seus estabelecimentos mais cedo, reforcem o sistema de segurança ou deixem de realizar alguns serviços essenciais para a comunidade, um exemplo disso foi a Loja ACS Informática, localizada no Centro da cidade. Cansado dos constantes assaltos sofridos, o proprietário da loja resolveu acabar com um correspondente do Banco do Brasil, onde eram pagos diariamente centenas de boletos bancários e depósitos do Banco do Brasil. Recentemente outra notícia pegou todos de surpresa, os Postos de combustíveis da cidade estão fechando às 22 horas e abrindo às 05 horas da manhã, pelo menos foi o que anunciou os Postos Santa Terezinha e São Marcos. Segundo o empresário Luciano Fanning, os postos vinham sendo assaltados com freqüência, colocando em risco a vida de clientes e funcionários.

Farmácia Vida foi assaltada   na última sexta (31).

Farmácia Vida foi assaltada na última sexta (31).

Recentemente a agência dos Correios de Aurelino Leal foi assaltada por volta de 11 horas da manhã e na última sexta feira (31), a Farmácia Vida, em Aurelino Leal, foi assaltada em plena luz do dia por dois homens armados. A PM conseguiu prender dois suspeitos, que foram liberados logo em seguida por falta de provas. Não são só os assaltos que vem assustando comerciantes e populares, os arrombamentos e furtos também cresceram nas duas cidades.

PM conseguiu prender dois suspeitos que foram liberados por falta de provas.

PM conseguiu prender dois suspeitos do assalto à Farmácia.

Residências, casas comerciais e igrejas evangélicas são arrombadas com freqüência pelos bandidos. De acordo com um comerciante que não quis se identificar, a Polícia Militar tem feito seu trabalho com bastante responsabilidade, mas a Polícia Civil tem deixado a desejar, já que todos os delitos não foram elucidados. Segundo um Policial Militar que não quis ter seu nome divulgado, a delegacia das duas cidades, não abre nos finais de semana para receber presos, e durante a semana, só recebe presos com a presença do delegado Gilberto Mouzinho, o que vem dificultando mais ainda o trabalho de combate ao crime em Ubaitaba e Aurelino Leal. “Qualquer tipo de prisão fora do expediente de trabalho do delegado e dos agentes, temos que levar os presos para Ilhéus”, disse um PM.

COMPARTILHE