GANDÚ – PREFEITA IRISMÁ NA CORDA BAMBA

O Tribunal de Justiça da Bahia  manteve nesta terça-feira (22) a decisão da Câmara de Vereadores de Gandu de reprovar as contas da prefeita Irismá Santos (PCdoB), referentes ao exercício de 2009.

A prefeita alega perseguição política e observa que as contas tiveram parecer favorável do TCM, embora com ressalvas, porém o legislativo municipal derrubou o parecer da corte de contas.

A decisão do TJ-BA, em resposta a agravo de instrumento impetrado pela Câmara de Vereadores, se deu por unanimidade, determinando que prevaleça a deliberação do legislativo. Para Irismá, que pretende disputar a reeleição, a derrota pode ter a grave consequência de torná-la inelegível. Fonte: Pimenta.

COMPARTILHE