Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

IBIRAPITANGA: NOVA CHAPA DE ISRAVAN JÁ GOVERNOU O MUNICÍPIO EM 2008

Junilson de Boró rompeu com Gude na gestão de 2008.
Junilson de Boró rompeu com Gude na gestão de 2008.

Temendo perder as eleições para o pré-candidato a prefeito Jé Assunção (PP), o prefeito de Ibirapitanga, Isravan Barcelos (PSD), retirou a pré-candidatura do vereador Paulinho de Ravan (PSD), e anunciou neste sábado (05), que o seu mais novo pré-candidato a prefeito será o ex-vice prefeito, Junilson de Boró. A troca se deu por conta da falta de aceitação do povo para com o nome de Paulinho de Ravan, que não vinha pontuando muito bem nas pesquisas.

A última pesquisa feita na cidade e divulgada pelo Bahia Notícias em parceria com a Séculus Análise e Pesquisa, mostra uma larga vantagem entre Jé Assunção (42,82%) e Paulinho de Ravan (28,17%) (relembre aqui). O que mais surpreendeu o prefeito foi a rejeição de seu ex-pré candidato. Quando questionados a respeito de quem não votariam de jeito nenhum para prefeito de Ibirapitanga a maior parte dos eleitores citou Paulinho de Ravan, que ficou com 31,55% de rejeição e Jé Assunção 18,31%.

JUNILSON DE BORÓ FOI O VICE DE GUDE EM 2008

Junilson de Boró foi o vice prefeito da cidade na época em que Antônio Conceição Almeida (Gude), governou Ibirapitanga. O governo de Gude foi considerado desastroso pela população. Ele [Gude] teve as contas de 2009, 2010, 2011 e 2012 rejeitadas pelo TCM e a de 2010 rejeitadas pela Câmara Municipal, ficando inelegível por 08 anos (relembre aqui). Na época, Junilson de Boró chegou a romper politicamente com Gude (relembre aqui). Segundo informações, até uma CPI foi aberta na Câmara Municipal para investigar o sumiço de R$ 460 mil reais que o prefeito Gude não soube explicar o paradeiro. (Redação: Ubaitaba Urgente)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

Deixe uma resposta

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do UBAITABA URGENTE. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.