ILHÉUS – É MELHOR SER “VIADO” DO QUE SER “LADRÃO”

O Blog do Gusmão manteve contato com o Padre Evandro, pároco da igreja de Santa Rita, no bairro da Conquista. O sacerdote explicou o contexto da homilia que enfureceu o prefeito Newton Lima, na manhã de ontem, segunda, 23, feriado de São Jorge. Ele fez menção a três Jorges ligados à cultura e história da cidade: Jorge de Figueiredo Correia (1º donatário da Capitania de São Jorge dos Ilhéus), o escritor Jorge Amado e o Santo Padroeiro, São Jorge.

Admitiu que os três não estavam conseguindo vencer o dragão símbolo da violência, da sujeira nas ruas, dos postos de saúde que não funcionam, das escolas precárias, da falta de merenda escolar e da corrupção. Após o término da missa, o prefeito Newton Lima esperou o Padre em frente à igreja, e lhe disse que antes de consertar Ilhéus, seria necessário primeiro limpar a sujeira da Igreja Católica.

O Padre sugeriu que ele trouxesse a imundície da prefeitura para dentro da igreja (será que cabe?), e diante do tumulto, foi levado por amigos para dentro de um carro. Segundo o Padre Evandro, Newton Lima avançou em cima do veículo, abriu a porta e disse: “você é viado”. O Padre respondeu: “não sou homossexual, mas ser ladrão é pior do que ser viado”.

COMPARTILHE