Ilhéus: Cabeleireiro confessa ter matado a mulher por ‘traições’
Pedro Antônio Mejia Tapia preso na cidade de ilheus - foto - reproducao - rede bahia
O peruano naturalizado brasileiro, Pedro Antônio Mejia Tapia, de 45 anos, foi preso em flagrante, neste sábado (14), na cidade de Ilhéus, região sul da Bahia, por suspeita de matar a tiros a mulher com quem vivia há 9 anos. O homem que trabalha como cabeleireiro confessou o crime na delegacia. “Foi traições (sic.), não foi separação, não”, disse em entrevista à reportagem da TV Santa Cruz. Ele ainda disse que estava arrependido. “Pelos meus filhos. Me arrependo sim porque eles nunca vão me perdoar”, diz referindo-se aos três filhos que teve com a brasileira Josélia da Silva Parise, de 34 anos. O crime aconteceu em uma sala comercial no bairro Iguape, em Ilhéus. Segundo a polícia, “Pedroca”, como é conhecido, efetuou os disparos no local onde atua como cabeleireiro. O desentendimento entre ele e a mulher aconteceu por volta das 11h. “Possivelmente, trata-se de crime passional. Pelas características, até pelo envolvimento do autor com a vítma. Ele se encontra-se detido, vai ser autuado em flagrante. O corpo da vítima se encontra no DPT”, afirmou o delegado Norberto Cordeiro.(Bocão News).
COMPARTILHE