ILHÉUS: MULHER FOI ASSASSINADA NO BAIRRO TEOTÔNIO VILELA
A vitima que tem o corpo tatuado, pode ter envolvimento com o tráfico

A vitima que tem o corpo tatuado, pode ter envolvimento com o tráfico.

Uma mulher, até o momento não identificada, foi assassinada com facadas no pescoço e teve seu corpo desovado na entrada do bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus. Completamente despida, a desconhecida estava com os braços para trás, o que significa que a mesma, pode ter sido amarrada antes de ter sido assassinada e após ter seus braços desamarrados, continuando na mesma posição. O que vem intrigando a polícia, é que o corpo da desconhecida foi desovado próximo ao local onde na manhã de ontem, foi encontrado o corpo do traficante conhecido pelo vulgo de Batidão. A vitima que tem o corpo tatuado, pode ter envolvimento com o tráfico de drogas, ou ser ligada aos matadores do traficante Batidão, sendo assim, uma espécie de vingança, ou resposta aos bandidos. O levantamento cadavérico foi efetuado pela delegada Marília Pereira de Souza, com peritos do Departamento de Polícia Técnica. Fonte: Correio do Estado Bahia.

COMPARTILHE