Ilhéus: Operação Griffos ll termina com a morte do “terror” do bairro Teotônio Vilela
IMG-20160315-WA0021_resized

“Léo do Barro” era extremamente perigoso.

Por volta das 5hs desta terça feira (15) , o PETO da 70ª CIPM, em conjunto com a Polícia Civil desencadeou a Operação Griffos ll, com o objetivo de prender Leonilson Silva dos Santos, vulgo Léo do Barro, líder do tráfico de drogas no Bairro Teotônio Vilela, município de Ilhéus.

IMG-20160315-WA0023_resized

Léo do Barro morreu em confronto com a polícia.

Durante os cumprimentos dos mandados de busca e apreensão, Léo do Barro e o comparsa conhecido apenas como Alexandre atiraram contra a guarnição, que prontamente revidou e neutralizou a investida dos meliantes.

IMG-20160315-WA0025_resized

Presos na operação foram levados para 7ª Coorpin.

Os dois atingidos foram socorridos para o HGLVF, mas não resistiram aos ferimentos e foram óbito. Com eles foram apreendidos 2 revólveres cal. 38, um tablete de maconha e anotações relacionados ao tráfico de drogas.

IMG-20160315-WA0022_resized

Armas de fogo aprendidas com os criminosos.

Na operação foram presos: Danisson Araújo Santos, vulgo Garrafa, preso com uma PT 940, cal. .40, 01 carregador com 07 cartuchos e duas trouxas de maconha, Danilo Gomes da Silva e Wallas de Jesus Conceição, presos com 01 tablete de maconha, 574 Gramas, 03 cartuchos cal. 22 e Lilio Silva dos Santos, irmão de Léo do Barro, preso com uma quantidade de pó branco, aparentando ser cocaína e anotações do drogas. (Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente).

COMPARTILHE