Ilhéus: Polícia Civil prende dois suspeitos de matar índio

mortedeindio

Equipe de policiais civis, juntamente com a Polícia Militar, efetuou a prisão em flagrante de Rony de Almeida Santos, 20 anos, acusando de ser um dos autores do homicídio ocorrido na tarde de segunda-feira (17), na Aldeia Itapoan, rodovia Ilhéus /Canavieiras, vitimando com disparos de arma de fogo o índio César Celestino dos Santos, apelidado de Galego. Também foi preso, Leandro Amaral Santos, 31 anos, filho da cacique Maria Valdelice Amaral de Jesus, pelo fato do mesmo ser mencionado como um dos partícipes do homicídio. Leandro já responde por roubo ocorrido em outubro do ano passado em Ilhéus. Atualmente estava em condicional. Segundo a polícia Civil, índio Galego foi morto por reivindicar direitos que lhe cabia na condição de índio. (Agravo)

COMPARTILHE