Turista de Goiânia morreu afogado quando tentava salvar irmã em Ilhéus
Foto: Reprodução / Brasil Ilhéus

Foto: Reprodução / Brasil Ilhéus

O turista de Goiânia que morreu agofado em Ilhéus, na quarta-feira (6), entrou no mar depois que a irmã de 22 anos começou a se afogar. A fatalidade ocorreu na Boca da Barra, um trecho da praia do Cristo. Além de Idemar Silva Lima, 30, o filho dele de 8 anos também entrou no mar e estaria se afogando. Um bombeiro que estava de folga e um pescador conseguiram resgatar a moça e a criança, que passam bem, mas Idemar já foi retirado sem vida. Além de Idemar, do filho e da irmã, a sua esposa e outro filho vieram à Bahia passar as férias. À TV Santa Cruz, a irmã da vítima, Sara Cristina de Lima, contou que o irmão tentou se salvar, mas foi levado pela correnteza. “Estava mais ou menos no raso, dei um passo atrás e tinha um buraco. Não deu mais para alcançar. Meu sobrinho estava do lado também e a correnteza começou a levar ele. Meu irmão estava na praia e tentou salvar ele e a correnteza puxou ao contrário, aí também ele não conseguiu mais voltar”, disse, à TV. O corpo do goiano foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus e, até ontem à noite, não havia informações sobre o enterro. O rapaz voltaria para casa nesta quinta. Bastante visitada por turistas na cidade, a praia do Cristo não tem ondas, mas é considerada perigosa, principalmente quando a maré está subindo.

COMPARTILHE