Ipiaú: Após provocar acidente, homem chama médica de ‘preta, pobre e pequena’

001 (2)

Um homem foi preso sob acusação de ter provocado um acidente e de fazer ofensas raciais contra uma médica em Ipiaú, no sudoeste do estado, na madrugada deste domingo (6). Aliguiere Estevão Lima teria colidido o carro dele, um Honda Civic, em um automóvel modelo Etios, de propriedade da médica Iara Brandão. De acordo com o site Giro em Ipiaú, após ser repreendido pela médica, o motorista teria feito a manobra e retornado até a frente do prédio onde ocorreu o fato. Ali, ele desferiu ofensas contra a médica e ao recepcionista de uma clínica. A médica relatou o caso em uma rede social. “Não imaginei que passaria por uma situação tão constrangedora. Trabalhando sábado à noite, de plantão, um homem embriagado, dirigindo em alta velocidade, bate no meu carro em frente ao Hospital. Até aí, falta de sorte. Eis que me desce do carro, agressivo, fazendo ameaças, inclusive fingindo estar armado e, começa a dirigir palavras ofensivas a mim e ao outro funcionário. “Eu sou racista mesmo, você é um negão, e ela, preta, feia, pobre e pequena.. Eu sou filho de fulano, vocês não sabem com quem estão mexendo”, escreveu a médica. Aliguiere foi preso pela PM e encaminhado à delegacia de Ipiaú, mas foi liberado inexplicavelmente depois de pagamento de fiança. Pela Constituição brasileira de 1988, crimes de racismo são inafiançáveis. Ainda segundo o site, o motorista tem família em Ipiaú, mas mora em Aracaju. A família do acusado não quis comentar o caso.

DESABAFO_M_DICA

COMPARTILHE