Ipiaú: Polícia Militar prende acusados de roubar carro no centro da cidade
itabunenses_giroempiau

Todos os acusados são de Itabuna. O menor foi baleado durante a fuga.

A Polícia Militar de Ipiaú conseguiu prender na noite deste sábado (19) quatro pessoas acusadas de participação em um assalto ocorrido por volta das 22h na Rua Borges de Barros, centro de Ipiaú. O grupo teria roubado o carro modelo Ágile, placa 3797, recuperado minutos depois nas margens da BR-330, próximo ao Cetep. O condutor abandonou o veículo e fugiu em seguida. Os outros quatro indivíduos (três homens e uma mulher) seguiram no corolla, placa OLD-7697, com destino à Ubatã.

fernanda_giroemipiau

Esposa de um dos envolvidos estava com um revólver calibre 38.

A Guarnição do Primeiro Pelotão e do Peto seguiram com a perseguição e encontraram os suspeitos no distrito de Camamuzinho, ao lado do município ubatense. Segundo a PM, os indivíduos não obedeceram a ordem de parar e atiraram. A polícia revidou e acabou acertando um menor de 17 anos, integrante da quadrilha. Ele foi ferido no rosto. Os outros dois homens e uma mulher foram presos e apresentados na delegacia local, em seguida encaminhados para Ipiaú, de onde foram transferidos para a cadeira pública da sede da 9ª Coorpin, já que o município ipiauense não possui delegado de plantão aos finais de semana.

revolver_giroemipiau

Um revólver calibre 38 foi apreendido com o grupo .

O menor baleado foi socorrido até o Hospital Geral de Ipiaú e depois encaminhado para o Prado Valadares, em Jequié. Jeferson da Silva Gomes, Rogério Borges Pereira, a sua esposa Fernanda Keller Oliveira da Silva, e o menor são moradores de Itabuna. Eles teriam disseram à polícia que vieram “passear” em Ipiaú. Um revólver calibre 38 foi apreendido com os suspeitos. A origem do carro usado pelo grupo é investigada. Ainda não foi confirmado se é roubado. Um integrante da quadrilha ainda está foragido, e segundo as informações colhidas pela polícia, o rapaz, trajando bermuda de cor azul e descalço, está armado e é perigoso. A polícia segue com as investigações. (Texto e fotos/Giro em Ipiaú).

COMPARTILHE