ITABUNA – COMANDANTE E RECRUTA DO TIRO DE GUERRA SOFREM TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Subtenente Ademir Goulart

Rodrigo Aquino Costa, 18 anos, recruta do Tiro de Guerra, sofreu uma tentativa de homicídio na noite do último sábado (26), em Itabuna, após prestar socorro à um acidentado. Aquino estava à serviço no quartel, quando um motociclista sofreu um acidente em frente a base. O condutor se atrapalhou e colidiu com os cavaletes que ficam na rua, por se tratar de uma área militar.

O recruta, junto com a guarnição de serviço, foi socorrer a vítima e acionar uma ambulância. Após prestar os primeiros socorros ao motociclista, que fugiu do local, um homem identificado como Djalma apareceu e começou a retirar os cavaletes da rua, afirmando que o acidente foi culpa do Tiro de Guerra.

Quando os militares se aproximaram para conter o homem, este sacou uma arma e começou a atirar. O recruta recebeu um tiro no braço e outro de raspão nas costas. O subtenente Ademir Goulart, comandante do Tiro de Guerra, também foi atingido de raspão.

Eles foram levados para o Hospital, foram atendidos e liberados. Nesta manhã, eles realizaram exame de lesões corporais no Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT). Em entrevista ao Radar, o Comandante afirmou que o autor dos disparos está foragido e poderá responder por crime federal.Fonte: Radar Noticias

COMPARTILHE