ITABUNA – GEDDEL LANÇA RENATO, “VENDE” PMDB A AZEVEDO E CUTUCA ACM NETO

Renato, Lúcio, Geddel, Azevedo e Pedro Tavares na coletiva à imprensa (Foto Pimenta).

O ex-deputado Gedel Vieira Lima acredita que em dez dias o PMDB oficialize o ex-deputado estadual Renato Costa como candidato a prefeito de Itabuna ou sua aliança com o DEM. “Nos próximos dez dias tudo terá que estar resolvido para que haja lançamento oficial com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer”, afirmou na entrevista na Câmara de Vereadores de Itabuna.

O ex-ministro não deixou de desferir petardo contra o deputado federal ACM Neto, do mesmo partido do prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo. Para Geddel, o lançamento da candidatura do DEM à prefeitura de Salvador foi um equívoco. “Vamos continuar dialogando para criar condições de alianças. Nada é impossível. Esse é o desafio da política”. O PMDB, disse, deve fortalecer suas lideranças e de partidos aliados no projeto para 2014.

Rui Machado, Azevedo e Geddel na chegada à Câmara de Itabuna (Foto Pimenta).

Um dos líderes do PMDB no estado, ao lado do irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Gedel disse que seu desejo é que o partido tivesse candidato, mas não descarta o diálogo com o DEM na composição da chapa. “Temos candidato honesto, político bem avaliado e de qualidades que é Renato Costa. Convido-os ao diálogo. O PMDB é importante para vencer e ajudar a vencer. Além disso, tem valiosos três minutos de tempo de TV”, disse, deixando claro o “valor” do passe.

O deputado federal Lúcio Vieira Lima disse que os eleitores de Itabuna são felizes pela opção a prefeito que têm entre Renato Costa e Capitão Azevedo. “Vocês têm duas boas opções, mas é preciso evitar que a prefeitura caia nas mãos do PT, partido marcado pelo descaso com o funcionalismo público. É natural que o PMDB e o DEM sentem-se à mesa para conversar. Vocês devem ter juízo”, disse, se referindo ao ex-deputado e ao prefeito. Informações do Pimenta

COMPARTILHE