ITABUNA – NETO DESAPARECIDO DE DUDA DO POLIRODAS PODE ESTAR MORTO

A polícia procura por Tulyo ainda com vida, mas depoimentos dos conduzidos e pistas levantaram a suspeita de que ele tenha sido assassinado.

O jovem Tulyo César Brandão dos Santos Cruz, neto do empresário e proprietário da Rádio Jornal de Itabuna, Duda do Polirodas, está desaparecido desde o último dia 14. A polícia prendeu, na noite do sábado (16), três pessoas, suspeitas de estarem envolvidas no desaparecimento e possível assassinato de Tulyo. Com os conduzidos, foi encontrada a moto roxa de placa NZV-2637, que estava com o jovem antes do desaparecimento.

A polícia procura por Tulyo ainda com vida, mas depoimentos dos conduzidos e pistas levantaram a suspeita de que ele tenha sido assassinado. Além de dois menores, um rapaz e uma garota, que continuam presos, um homem de 57 anos, identificado como Xuxu, foi preso após a polícia receber denúncias de que Tulyo teria sido assassinado na casa deste homem.

Em entrevista ao repórter Oziel Aragão, da Rádio Difusora, Xuxu negou que o crime tenha sido realizado na casa onde mora. Ele diz que não teve participação no caso.  A casa dele foi revistada e nada foi encontrado. Por falta de provas, Xuxu foi liberado. Os conduzidos apontaram outras pessoas que também estariam envolvidas no crime. Existem duas versões: a primeira de que Tulyo foi assassinado e o corpo jogado no Rio Cachoeira, em um trecho próximo ao Los Pampas; a segunda de que ele foi enterrado no bairro Bananeira. A polícia investiga o caso e realiza buscas. O carro usado para o descarte do corpo teria sido um Celta preto.

Em um dos depoimentos e versões dadas a polícia, os conduzidos afirmaram que o crime teria ligação com a guerra entre as facções raio A e raio B de Itabuna. Fonte: Radar Noticias.

COMPARTILHE