Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

ITABUNA – SEIS VEREADORES SÃO ACUSADOS DE ENVOLVIMENTO EM ESQUEMA DE EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

Além dos políticos, o MP-BA pediu a condenação do ex-diretor administrativo da Câmara Municipal

Do Bahia Noticias

O Ministério Público na Bahia (MP-BA) entrou com uma ação civil pública, nesta sexta-feira (20), contra seis vereadores de Itabuna, suspeitos de envolvimento em um esquema fraudulento de empréstimos consignados.

De acordo com o promotor Inocêncio Carvalho, autor da ação, os edis itabunenses acionados são Solon Pinheiro (DEM), Raimundo Pólvora (PPS), Clovis Loiola (PPS), Ricardo Bacelar (PSB), Roberto de Souza (PR) e Wenceslau Júnior (PCdoB).

Segundo Carvalho, o esquema funcionava a partir do aumento fictício dos valores contidos nos contracheques de assessores para a contratação dos empréstimos. Além dos políticos, o MP-BA pediu a condenação do ex-diretor administrativo da Câmara Municipal, Alisson Cerqueira, e do ex-chefe de Recursos Humanos, Kleber Ferreira. Em nota enviada ao site A Região, o vereador Wenceslau Junior negou as acusações e afirmou ter protocolado na Vara da Fazenda Pública autorização para que seus sigilos bancários, fiscais e telefônicos sejam quebrados.

“Sem dúvida, é função do Ministério Público propor ações de tal natureza, tendo por objetivo resguardar o patrimônio público e a probidade administrativa, razão pela qual sempre pautei a minha atuação política”, justificou. Já o promotor, em entrevista a uma rádio da cidade nesta sexta, garantiu que tem provas suficientes que incriminam os vereadores denunciados.

COMPARTILHE

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

Deixe uma resposta

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do UBAITABA URGENTE. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.