ATENÇÃO! HOSPITAL DE BASE PODE FECHAR A QUALQUER MOMENTO

Os salários dos funcionários de outubro e novembro ainda não foram quitados.

O repasse de verbas da prefeitura para o Hospital de Base de Itabuna tem sido insuficiente, deixando os funcionários sem dinheiro. Muitos, chorosos, sem pagar contas, comprar alimentos para manutenção de suas famílias ameaçam parar completamente a unidade hospitalar. O último pagamento saiu somente para os médicos e fornecedores. Os salários de outubro e novembro ainda não foram quitados e o 13º é um incógnita. A presidente da Fasi – Fundação Assistência à Saúde de Itabuna, enfermeira Ana Brito, convocou uma entrevista coletiva para relatar os problemas do Hospital de Base. “Cheguei nesse ponto, de tornar pública esta situação, porque já esgotei todas as minhas alternativas. Existe um déficit no repasse de recursos da Secretaria de Saúde do Município, que está comprometendo o salário e o 13º dos trabalhadores. Não temos recursos”, disse Ana Brito. Atendimentos no setor de emergência da unidade, apenas para os casos graves, informou o diretor médico Cristiano Conrado. Até mesmo o cadastro dos pacientes que dão entrada no hospital, antes digital, está sendo feito de forma manuscrita por falta de pagamento para uso do program. Fonte:Roberio Menezes.

COMPARTILHE