ITABUNA: 300 FUNCIONÁRIOS DA EMASA ESTÃO SEM SALÁRIOS; 13º TAMBÉM NÃO FOI PAGO
Servidores cobram explicações do presidente Geraldo Briglia

Servidores cobram explicações do presidente Geraldo Briglia

Cerca de 300 funcionários da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) em Itabuna, no sul baiano, estão com os salários referentes ao meses de novembro e dezembro, além do 13º, atrasados. De acordo com o site Pimenta na Muqueca, o presidente da companhia, Geraldo Briglia, e o prefeito Capitão Azevedo ainda não se pronunciaram sobre o problema. Desde a última segunda-feira (24), os funcionários iniciaram uma greve branca (quando batem o ponto, mas não realizam as atividades designadas). Os servidores acusam ainda a suspensão do repasse do FGTS e INSS há quase um ano. Os afetados criticam a postura dos representantes do Sindicato dos Trabalhadores de Água e Esgoto do Estado da Bahia (Sindae), que representa a classe, que até o momento não teria se posicionado com relação aos problemas enfrentados pela categoria.

COMPARTILHE