Itabuna: Chuva só ameniza crise na captação de água
Captação no Rio Cachoeira, assim como no Almada, continua comprometido (Foto Martone Badaró).

Captação no Rio Cachoeira, assim como no Almada, continua comprometido l Foto Martone Badaró.

A chuva que cai na região desde o final da noite do último domingo (3) serviu para recuperar o nível de água de dez dias atrás em poços onde a Emasa está captando água em Rio do Braço. Os poços praticamente secaram após mais de três dias de captação por parte da empresa itabunense no final de dezembro.De acordo com a Coordenação de Defesa Civil de Itabuna, a região onde Itabuna capta água em Ilhéus registrou volume de 25 milímetros de chuva. A amenizada é decorrente das chuvas em Itajuípe e em Ilhéus. Para normalizar a distribuição de água, seria necessário em torno de 60 milímetros de chuva contínua, o que equivale a 60 litros de água por metro quadrado, nas cabeceiras dos rios que abastecem Itabuna. Ao contrário da região de Rio do Braço, não houve mudança no volume de água na estação de Nova Ferradas, que capta água do Rio Cachoeira. “Praticamente não alterou o volume de água nos rios Colônia, Salgado e Cachoeira”, informou ao Pimenta o assessor de comunicação da Emasa, Gilvan Lima. (Pimenta).

COMPARTILHE