Itabuna: Garoto de 15 anos morre durante perseguição e moradores queimam ônibus em protesto
jovem_atropelado_vermelhinhodabahia

Polícia tenta negociar com manifestantes. (Foto:Vermelhinho).

Um garoto de 15 anos morreu, na manhã deste domingo (16), após ser atropelado durante uma perseguição policial em Itabuna. Segundo testemunhas, o acidente aconteceu logo após o jovem, que trafegava sem capacete em uma moto, ignorar a abordagem de uma blitz no bairro Lomanto. Em protesto, moradores do local utilizaram pneus queimados, madeira e chegaram a incendiar um ônibus para bloquear o tráfego na Avenida Antônio Carlos Magalhães. De acordo com informações divulgadas pelo 15º Batalhão da Polícia Militar, a Tropa de Choque, que está baseada no município para ajudar a conter os conflitos na região de Buerarema, precisou ser acionada para desobstruir a via.

polícia

O Exército também ocupou as ruas da cidade.

Houve tensão na área e a pista ficou interditada por cerca de três horas. A PM nega que tenha perseguido o menino e diz que não tem relação com a morte. O Exercito que encontra-se na região, também ocupou as principais ruas e avenidas de Itabuna.

O comandante Ubiraci Barbosa, do 15º BPM, informou que a Polícia Militar irá instaurar um inquérito para apurar as circunstâncias da morte do garoto, diante de denúncias de que a viatura teria atropelado o adolescente. “Houve uma perseguição a esse menor, mas não sabemos se ele morreu ao se chocar com o veículo (viatura), por conta da queda, se o veículo se chocou com ele.

100_3388

Ônibus da Rota foi incendiado. (Foto: Verdinho).

Logo que o fato aconteceu já houve uma manifestação popular e a Polícia Militar teve que parar para conter a multidão, que já queimava ônibus, invadiu o pátio da secretaria, subtraiu algumas motos”, explica. “Vamos apurar o que aconteceu”. (Texto: Bahia Noticias e Bocão News).

COMPARTILHE