ITACARÉ – TRAFICANTE QUE MATOU 03 NO FINAL DE SEMANA FOI TRANSFERIDO PARA PRESÍDIO DE ILHÉUS

Foi transferido na manhã de hoje, para o presidio Aristom Cardoso, o criminoso, Mauro José Ribeiro, 32 anos, que matou em chacina, na zona rural de Itacaré, os trabalhadores rurais, José Pereira Barbosa, o Zé de Ibirapitanga, o qual teria sido morto apenas porque o homicida desconfiava que ele tivesse um caso amoroso com a mulher de seu pai, Raimundo José Ribeiro. Armado com uma espingarda, Mauro dirigiu-se pela manhã ao sítio de José Pereira, alvejando-o no peito. Ao cair no chão, a vítima recebeu vários golpes de facão no pescoço, sendo quase degolada. Na fuga, o assassino deparou-se com um agricultor na estrada, subtraiu sua espingarda e o manteve refém até encontrar um desafeto identificado como Edvanilton Brito da Cruz. Montado numa bicicleta, Edvanilton também foi baleado no peito e teve o pescoço praticamente arrancado a golpes de facão, segundo informou a delegada Rita Ribeiro, que preside o inquérito. Num dos bolsos desta segunda vítima de Mauro José havia 12 papelotes de cocaína, já encaminhados para perícia, e R$ 119,00. Ao ser interrogado pela delegada Rita Ribeiro, o criminoso alegou ter assassinato Edivanilton por este ser traficante de drogas e já tê-lo jurado de morte. Perseguido por policiais militares após este segundo crime, Mauro assassinou Egídio Viana na localidade de Matinha, antes de ser preso e conduzido para a 1ª DT,em Ilhéus. Egídio foi morto dentro de sua casa, distante um quilômetro do sítio de Edvanilton, também a tiros de espingarda e golpes de facão no pescoço. A motivação, segundo declarou o homicida na delegacia, foi tão fútil quanto às dos crimes anteriores. Informações do blog Vermelhinho.

COMPARTILHE