ITACARÉ – SEGURIDADE SOCIAL É DEBATIDA COM AGRICULTORES

No primeiro dia, o assunto atraiu cerca de 30 quilombolas

A quilombola Arlete Conceição de 63 anos, sempre trabalhou no campo, para o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), ela é uma segurada especial – grupo composto por trabalhadores rurais e pescadores artesanais – e poderia estar aposentada desde os 55 anos  já que é mulher e trabalhou mais de 15 anos no campo. Mas, por falta de informação, a agricultora familiar ainda não conseguiu receber o benefício.

Casos como esse são comuns na zona rural e são detectados durante visitas técnicas de rotina realizadas pela equipe de assistência técnica da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri).

 Com o objetivo de formar multiplicadores nos assuntos relacionados à Previdência Social, a assistente social da Gerência Regional da EBDA de Itabuna, Rosângela Cabral, promoveu dois dias de palestras (08 e 09 de dezembro), na Escola Infantil do Fojo, para agricultores familiares, dos municípios de Itacaré e Ubaitaba, no sul da Bahia. As palestras foram ministradas pelos técnicos do Seguro Social do INSS de Ilhéus, Noízia Conceição, Maia Gonçalves e Cenildo Simões dos Santos Cruz.

 No primeiro dia, o assunto atraiu cerca de 30 quilombolas das comunidades do Fojo,  Serra de Água e João Rodrigues.  Na sexta-feira (9) os mesmos técnicos do INSS, palestraram para agricultores, marisqueiras e pescadores artesanais dos municípios de Ubaitaba e Maraú, no Centro de Convenções do Ubaitaba. Fonte: Itacaré Urgente.

COMPARTILHE