Itacaré: Prefeitura iniciará distribuição de repelentes para gestantes

A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Saúde, iniciará já neste sábado, no distrito de Taboquinhas, o cadastramento e a distribuição de repelentes para gestantes incluídas no programa Bolsa Família. Os produtos combatem o Aedes Aegypti, pernilongos e outros mosquitos que também transmitem doenças. Nesta quarta-feira o secretário municipal de Saúde, Ricardo Lins, retirou os produtos na Secretaria Estadual de Saúde e na próxima semana iniciará o cadastramento das gestantes de todo o município. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, parabenizou a iniciativa dos governos de protegerem as gestantes e as crianças contra doenças e ressaltou que o município não poderia ficar de fora desse programa. Para adquirir os repelentes as gestantes devem estar cadastradas no bolsa família e preferencialmente estar fazendo o acompanhamento nos postos de saúde. De acordo com o secretário Ricardo Lins, as gestantes deverão portar um documento oficial de identificação com foto, CPF, cartão do titular do Bolsa Família (obrigatórios) e a Caderneta da Gestante (caso possua). As mulheres que não estiverem sendo acompanhadas no pré-natal, serão encaminhadas para acolhimento nas unidades da rede municipal, mas isso não invalida o recebimento dos repelentes. De acordo com o secretário, cada gestante cadastrada receberá dois repelentes por mês. Ricardo Lins adiantou que junto com os produtos as gestantes receberão um folheto informativo com orientação para uso dos repelentes pelas mulheres. Ele orienta que as gestantes passem o repelente só na área exposta e que não passem por baixo da roupa. Esse repelente também não deve ser usado em crianças menores de 12 anos. Deve ser usado durante todo o período de gestação. Ele tem uma duração de até 10 horas e a gestante tem que fazer a reposição diariamente. (Ascom/Itacaré)

COMPARTILHE