MUNICÍPIOS GARANTEM APOIO A ANTÔNIO DE ANÍZIO PARA PRESIDENTE DO CDS-LITORAL SUL
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Prefeitos de diversos municípios do Sul da Bahia já confirmaram o apoio ao prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, a reeleição para presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável (CDS – Litoral Sul), reconhecendo o trabalho desenvolvido na luta pelo fortalecimento das cidades e a busca de soluções para os problemas comuns. Os prefeitos também garantiram o apoio a Marcone Amaral para presidente da Amurc e reafirmaram o compromisso de lutar pela participação de gestores regionais na União dos Municípios da Bahia (UPB). As eleições do CDS-Litoral Sul será realizada nesta sexta-feira, dia 15 de janeiro. Já a eleição da Amurc acontecerá no dia 29 de janeiro.

Na manhã desta terça-feira o presidente do CDS-Litoral Sul se reuniu com o prefeito Jadson Albano, que informou inicialmente o interesse de concorrer à presidência do Consórcio, mas declarou a admiração que tem a Antônio de Anízio, por isso confirmou o seu apoio para a reeleição de Antônio de Anízio. Jadson Albano agradeceu as orientações e apoio que recebeu do atual presidente e confirmou a presença e o voto nas eleições do Consórcio e da Amurc.

Ainda na manhã desta terça-feira Antônio de Anízio e o candidato a presidente da Amurc, Marcone Amaral, se reuniram com a prefeita de Floresta Azul, Gicélia Santana, e com o ex prefeito Garrafão, que garantiram o voto para as presidências do CDS-Litoral Sul e Amurc e o apoio nessa luta pelo fortalecimento do municipalismo. Marcone Amaral ressaltou que junto com Antônio de Anízio vão defender a candidatura de um ou mais prefeitos da região para compor a chapa na UPB. A Amurc conta com 32 municípios regionais e o Consórcio com 13.

Na semana passada o prefeito de Itacaré visitou os municípios de Itapitanga, Almadina e Barro Preto para apresentar aos prefeitos Ró de Beto, Milton Cerqueira e Juraci da Saúde, respectivamente, as políticas desenvolvidas pelo consórcio nas áreas de infraestrutura, educação, gestão ambiental, assistência técnica, resíduos sólidos, compra compartilhada, dentre outras atividades que tem o CDS como instrumento de gestão e execução. Durante o encontro os prefeitos apresentaram a preocupação com a eliminação dos lixões e a manutenção e conservação das estradas vicinais, dois desafios que, segundo os gestores, serão prioridades para as administrações em 2021.

Antônio de Anízio reafirmou a importância do consórcio multifinalitário e colocou que vai fazer gestão junto aos prefeitos e prefeitas, para que deputados estaduais e federais apoiados pelos municípios possam aportar recursos por meio de emendas parlamentares, que venham a ser utilizadas de forma coletiva. Ele também propôs que a Amurc e o Consórcio melhorem as suas instalações, criando um auditório com maior capacidade, além de ampliar as parcerias com instituições de órgãos estaduais, federais, sociedade civil organizada e o setor privado.

COMPARTILHE