Itajuípe: Gilka é acusada de dar calote no vigilante de sua casa

badaró

Rola nos bastidores da política Itajuipense que até o vigilante da casa da prefeita Gilka Badaró (PSB) em Itajuípe, deixou o cargo por conta do atraso de três meses de salário. Parece até mentira, mais o homem estava há três meses sem ver a cor do “dimdim” da mulher.

COMPARTILHE