Itajuípe: Prefeita “malvada” deixa o povo sem saúde para investir no futebol
gilka

Itajuípe não tem saúde, mas tem futebol.

O Hospital Montival Lucas, de Itajuípe, de acordo com a coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, está perto de fechar. Na cidade do sul baiano, a prefeita Gilka Badaró (PSB) é acusada de se omitir, por recusar repassar R$ 40 mil mensais para a instituição, que é filantrópica. Não dá dinheiro para o centro médico, segundo jornalistas da área, mas investiu pesado na Seleção Itajuipense, que se sagrou campeã do Campeonato Intermunicipal de Futebol. O que se diz no município é que ela se antecipou ao modelo da Copa: não tem saúde, mas tem futebol.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE