JEQUIÉ – PROFESSORA REVOLTADA POR PERDAS SALARIAIS QUASE COMETEU SUICÍDIO NO VIADUTO

Professora queria entrevista com Junior Mascote para denunciar o corte no salário

Uma mulher chamou a atenção das pessoas que passavam na Avenida Rio Branco e Rua Abílio Procópio, Centro de Jequié, por volta do meio dia de hoje (08). A mulher identificada como Nádia Novaes Santos, 35 anos, estava sentada no alambrado do Viaduto Daniel Andrade, com as pernas voltadas para o precipício. Populares imediatamente acionaram o Corpo de Bombeiro e SAMU. Os bombeiros conseguiram negociar e retirar a mulher da situação de perigo. Nádia exigiu a presença do repórter Junior Mascote para fazer uma denúncia contra a Prefeitura de Jequié. Nádia é professora da rede municipal de educação e está insatisfeita por que teriam retirado do seu contracheque algumas bonificações. Ela já não leciona e foi remanejada para o setor de informática de uma das escolas do municipal. “Estou querendo o que é meu por lei, estou passando necessidades e espero que o Prefeito LA tenha compaixão da minha situação, Eu sou depressiva e só quero o que é meu”, disse a Professora. Perguntada se teria tentado suicídio ao sentar no alambrado do Viaduto, Ela disse que não tentou suicídio, estava apenas pensando na vida. Informações de Junior Mascote.    

COMPARTILHE