JUSTIÇA INVESTIGA ESQUEMA DE TRANSFERÊNCIA DE TÍTULO ELEITORAL NO SUL DA BA

A Justiça Eleitoral abriu investigação contra esquema de transferência ilegal de títulos eleitorais dos municípios de Itabuna e Itororó para Itapebi. A investigação é conduzida pelo juiz titular da 188ª Zona Eleitoral em Eunápolis, Otaviano Sobrinho.

Os cálculos apontam para, pelo menos, 200 títulos transferidos ilegalmente. Um homem identificado como Tiago Silva foi preso pela polícia em uma pousada de Itapebi e foi conduzido para o complexo policial de Eunápolis, onde fica o cartório eleitoral do município onde ocorre a fraude.

Os títulos teriam sido feitos sem a comprovação de residência dos eleitores. Pelo esquema, os eleitores nem precisavam comparecer ao cartório. Um serventuário da justiça é investigado por suposta participação.

Ele tinha acesso ao sistema e inscrevia o eleitor sem apresentação dos documentos padrões. A maioria, conforme investigação inicial, estava sem comprovação de residência ou o comprovante estava adulterado.

O delegado regional de Polícia Civil em Eunápolis, Evy Paternostro, solicitou a prisão preventiva de Tiago Silva. A investigação começou há uma semana, após denúncias à Justiça Eleitoral.

(Pimenta)

COMPARTILHE