Maraú: Portugueses miram investimentos de 500 milhões de dólares no município
3Chegada-ao-Kiaroa-Resort-Península-de-Maraú-Bahia
O Grupo Américo Amorim (AA), que pertence ao homem mais rico de Portugal, pretende fincar bandeira na Península de Maraú, num terreno de 2,5 mil hectares. O projeto, que está em fase de licenciamento ambiental, prevê a construção de três hotéis, vilas, apartamentos, campos de golfe e de polo, além de um espaço hípico. Previsto para ser construído em seis etapas, num prazo de 10 a 12 anos, o empreendimento tem como sócio a família paulista Ruas, que comanda uma das maiores frotas de ônibus do país. Segundo o portal Gente e Mercado, o complexo está orçado em cerca de 500 milhões de dólares e terá obras iniciada em dois anos.
(Portal Gente e Mercado).
COMPARTILHE