Maraú: Pré-candidata Vera Sarmento não está filiada a nenhum partido político, diz TSE
IMG-20160429-WA0169_resized

Vera perdeu o prazo para filiação partidária.

Um assunto polêmico está agitando os bastidores da política da Península de Maraú. Tudo porque a ex-prefeita e pré-candidata na disputa para sucessão municipal pelo PSB40, Vera Sarmento não teria confirmado sua filiação partidária. As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) conforme certidão emitida até o dia 27 desse mês. Caso seja confirmada essa situação a ex-secretária de turismo, Vera Sarmento, principal adversária política da atual Prefeita Gracinha Viana (PP), ficaria impossibilitada a concorrer nas próximas eleições a uma vaga com chefe do executivo municipal da cidade de Maraú.

IMG-20160428-WA0127_resized

Certidão do TSE diz que vera não está filiada a nenhum partido .

Para concorrer a cargo eletivo, o interessado deve estar filiado ao partido pelo menos seis meses antes da data fixada para as eleições (Lei nº 9.096, de 19.9.1995, art. 18; Lei nº 9.504, de 30.9.1997, art. 9º) ou em prazo superior fixado no estatuto partidário (Lei nº 9.096, de 19.9.1995, art. 20), que não poderá ser alterado no ano de realização do pleito. Se houver fusão ou incorporação de partidos políticos após o referido período, a data a ser considerada para fins de filiação partidária será a do ingresso no partido de origem. Ressalte-se, por fim, que as condições de elegibilidade (entre as quais a exigência de filiação partidária) e as causas de inelegibilidade são examinadas no momento do registro de candidatura pela autoridade judiciária eleitoral competente. (Alessandro Granda / Ubaitaba Urgente)

COMPARTILHE