“Ô, O CARNAVAL ACABOU”, CANTAM PMS EM GREVE APÓS REUNIÃO SEM ACORDO COM GOVERNO

Em entrevista à Globo News, o governador Jaques Wagner voltou a garantir a realização do Carnaval com policiamento.

Ainda acampados na Assembléia Legislativa, os policiais militares grevistas cantaram neste final de tarde “Ô, o Carnaval acabou, o Carnaval acabou”, em uma ameaça à festa, que tem previsão de começar no dia 16 de fevereiro, uma quinta-feira. Uma reunião entre manifestantes e o governo do estado terminou em impasse no final desta tarde.

No início da noite desta terça-feira (7), soldados do Exército fizeram mais um cordão de isolamento em frente à assembléia. Apesar disso, o clima no local é de tranqüilidade. O Exército segue sem falar de invasão.

Em entrevista à Globo News, o governador Jaques Wagner voltou a garantir a realização do Carnaval com policiamento. “O planejamento está todo feito para o carnaval. O investimento de R$ 30 milhões na segurança será mantido”, disse, salientando que a “Operação Carnaval”da polícia começa na terça, quando PMs do interior chegam à capital.

Os grevistas recusam a proposta de reajuste oferecida pelo governo de 6,5% retroativo ao mês de janeiro. Além do aumento salarial, a categoria reivindica o pagamento da GAP IV e V, e a regulamentação do pagamento de auxílio acidente, insalubridade e periculosidade.  Os grevistas também pedem anistia administrativa e revogação das prisões dos 12 líderes do movimento.

(Correio)

COMPARTILHE