PELEGRINO BATE RECORDE DE PUNIÇÕES POR PROPAGANDA CONTRA ACM NETO, DIZ ADVOGADO

“Apelando para uma campanha de calúnia, injúria e difamação contra o adversário, Pelegrino é o recordista nacional em punições.

O candidato a prefeito de Salvador ACM Neto, da coligação “É Hora de Defender Salvador”, já conquistou na Justiça Eleitoral 163,61 minutos em direitos de respostas e supressão de tempo nas inserções de TV e rádio da campanha de Nélson Pelegrino (PT).

Em recentes decisões judiciais, a juíza da 5ª Zona Eleitoral Maria de Lourdes Oliveira Araújo concedeu dois minutos em direitos de respostas e um de supressão de tempo, já o juiz da 17ª Ricardo D’Ávila sentenciou a supressão de mais 42 minutos da propaganda ilegal de Pelegrino, que, somados a outros 118,61 minutos sentenciados anteriormente, totalizam os 163,61 minutos de punição.

Em ambas as sentenças, os magistrados Maria de Lourdes e Ricardo D’Ávila foram taxativos em considerar o conteúdo da propaganda de Pelegrino “ofensivo e inverídico a respeito da opinião de ACM Neto sobre o sistema de cotas raciais nas universidades brasileiras”.

Segundo o advogado eleitoral Ademir Ismerin, não há registro de tantas punições desde quando foi regulamentada a propaganda política em mídia eletrônica, com o fim da Lei Falcão. “Apelando para uma campanha de calúnia, injúria e difamação contra o adversário, Pelegrino é o recordista nacional em punições da Justiça Eleitoral”.

(Politica Livre)

COMPARTILHE