BARRA DO ROCHA: PREFEITO É PROIBIDO DE USAR RÁDIO DURANTE PERÍODO ELEITORAL

O prefeito ainda é acusado de manter a rádio comunitária com dinheiro público.

A justiça eleitoral impediu o atual prefeito de Barra do Rocha de falar durante o período eleitoral em qualquer veículo de comunicação social, inclusive na rádio comunitária da cidade, Rocha FM.

A justiça atendeu ao pedido da Coligação “Mudança Já” do candidato Luiz Sergio Alves(PSB), alegando que o prefeito tem usado do veículo de comunicação que recebe apoio administrativo da Prefeitura Municipal para difamar os candidatos oposicionistas e realizar campanha para a sua candidata. O não cumprimento integral ou em parte desta decisão sujeitará o prefeito em multa diária de mil reais (ver decisão).

Durante esse período o prefeito concedeu várias entrevistas denegrindo os seus opositores. Mesmo com a decisão judicial, Jônatas falou na emissora na manhã de quinta-feira e disparou vários ataques a uma vereadora que faz oposição ao seu desastrado governo.

O prefeito ainda é acusado de manter a rádio comunitária com dinheiro público, inclusive pagando ao radialista que faz as suas entrevistas, com horas extras e diárias para Salvador que podem chegar a R$ 1.800,00, conforme pôde ser observado no Tribunal de Contas dos Municípios nas portarias; 1650, 1734 e 1944.  A nossa reportagem tentou manter contato com o prefeito, mas não conseguiu localiza-lo. Fonte: Giro em Ipiaú

COMPARTILHE