PROFESSORES PARAM POR 24 HORAS

Os professores das escolas estaduais de Itabuna e Ilhéus aderiram à paralisação de 24 horas realizada pelos servidores públicos baianos. Eles cobram o pagamento imediato das correções referentes à URV, Unidade Real de Valor.

De acordo com os servidores, a transição da URV para o Plano Real causou prejuízos de 11% retroativos a 1994. Os funcionários públicos estaduais alegam que todos os governos negaram-se a reconhecer as perdas para a categoria com a mudança.

No sul da Bahia, a adesão à paralisação foi parcial. Em Itabuna foi realizada uma passeata e uma manifestação dos professores. Além de cobrar as perdas, os funcionários públicos reclamaram das mudanças no Planserv, o plano de saúde da categoria.

COMPARTILHE