Quadrilha é presa por sequestros relâmpagos em shoppings

Edmo, Leonardo, Osmar e Caroline foram presos neste domingo (29)

Quatro criminosos envolvidos em sequestros relâmpagos, praticados em estacionamentos de shoppings, localizados em Salvador e Região Metropolitana, foram presos, neste domingo (29). A polícia conseguiu recuperar um veículo Fox e diversos pertences roubados pela quadrilha. Segundo informações da polícia, mulheres sozinhas eram as vítimas preferenciais do bando, procedente dos municípios de Lauro de Freitas e Dias D’Ávila.

Edmo Daniel Santana Silva, de 19 anos, e Leonardo Ferreira Lima, 18, foram surpreendidos pela equipe da DRFR, por volta de 18 horas, num trecho da Avenida Tancredo Neves próximo ao Hospital Sarah, quando se dirigiam a um shopping da região.  Com passagens pela 23ª Delegacia Territorial (DT/Lauro de Freitas), por furto e tráfico de drogas, Edmo e Leonardo admitiram que, ao serem capturados, se preparavam para fazer mais uma vítima. Em depoimento, eles entregraram os outros dois comparsas, Osmar Dias da Silva, 28, e Caroline Portugal dos Santos, 18.

Responsável por realizar saques bancários e compras com os cartões de débito e crédito roubados pela quadrilha, Carolina escondia em casa diversas roupas, bolsas, cartões magnéticos e muitos outros pertences de vítimas de roubo.]

Agressão
A proprietária do Fox recuperado esteve na DRFR nesta segunda-feira (30) e reconheceu Edmo e Osmar como dois dos assaltantes que a atacaram dentro do estacionamento de um shopping, em Salvador, há 12 dias. Agredida com chutes e coronhadas, por se recusar a entrar no porta mala do carro e seguir sequestrada pelo grupo, ela foi abandonada ainda no centro comercial.  Outras duas vítimas da quadrilha já foram identificadas e deverão comparecer à DRFR, nas próximas horas, para fazer o reconhecimento dos criminosos.

Osmar, com passagens pelas 23ª DT/Lauro de Freitas e 33ª DT/Monte Gordo, por assaltos e furto, e os comparsas Edmo e Leonardo seguem custodiados, à disposição da Justiça, no Complexo Policial da Baixa do Fiscal. Carolina está recolhida na carceragem da DERCCA, em Brotas. Os quatro criminosos foram autuados em flagrante por formação de quadrilha, porte ilegal de arma e receptação. Eles também serão indiciados em inquérito policial por roubo qualificado, na modalidade sequestro relâmpago.

(Correio)

COMPARTILHE